Notícias

O imobiliário no mês de Julho

By 30 Julho, 2020 No Comments

O mercado imobiliário no mês de Julho

Confira um apanhado das notícias do mercado imobiliário no mês de Julho

Com o primeiro semestre voltado praticamente para a crise do Covid-19, é natural que apareçam algumas incertezas em relação aos preços e condições da habitação em terras portuguesas. Após o  impacto da pandemia  no mercado financeiro e por consequência no mercado imobiliário, a venda das casas diminuiu, mas sem baixar os preços. Em compensação, no que diz respeito às rendas, o cenário nacional indica que estão a baixar, sendo Lisboa a  exceção à regra.

Para os lisboetas, uma das maiores mudanças pode vir da área dos alojamentos locais, que tende a migrar para um arrendamento mais duradouro. Além disso, percebe-se uma certa migração dos imóveis de luxo do centro da cidade para a linha de Cascais, Sintra e Alentejo. Este êxodo urbano é puro reflexo do confinamento no cotidiano. A casa teve um papel central na vida dos cidadãos, ter um lar mais confortável e funcional, uma casa que esteja adequada e preparada para casos como o do Covid-19, virou o sonho de grande parte da população.

Mesmo com todas as dúvidas e transformações que surgiram no meio de tudo isto, os  indicadores do imobiliário em Portugal estão a subir e continuam a estimular os ânimos dos investidores. Isso faz com que, mesmo após o Estado de Emergência, ainda exista quem queira manter o mercado imobiliário em alta com o intuito de relançar a economia. Um exemplo prático de como as iniciativas que cercam a área dos imóveis continuam firmes, foi o lançamento de um centro de inovação e excelência gerido pela Nova Medical School. Um Living Lab idealizado para a área do imobiliário e da saúde. Uma outra notícia é o plano do governo de criar um programa de arrendamento acessível, que irá dar vida a mais de 18 mil imóveis e criará novas oportunidades de negócios

Ainda faltam alguns meses até  chegarmos ao ano de 2021, e a esperança de dias mais estáveis e seguros, sem o fantasma da pandemia, ainda é um dos motores que movem a retoma da economia portuguesa. Até lá, segue-se a máxima de que o ser humano se deve adaptar às mudanças, mas, perceber as dificuldades da nossa sociedade pode ser fundamental para nos adaptarmos e superarmos juntos essa nova forma de viver.

Leave a Reply

X